12/01/2009

PSSST!


Troco um J por um G
Que me perdoem os economistas e os estrategas, mas creio que já percebi o problema que aflige o comércio. E creio que tenho a solução. Porque nada adianta ao mundo saber onde está o erro e não o corrigir.
O problema está… preparem-se… é verdadeiramente revolucionário… nas palavras. Isso mesmo. É tudo uma questão de vocabulário: se LOJA é o nome do espaço e LOGISTA o dono ou gerente do espaço, o conflito daí proveniente deve ser o culpado disto tudo. Porque uma pessoa fica sem saber: são lojas ou logas? São lojistas ou logistas? Sendo logistas, quer dizer que o lado mais importante do negócio é a logística? Ou é a lógica? Se for uma loja pequenina, é uma lojeca ou uma logeca? Se for grande, é uma loja majestosa ou uma loga magestosa? E se tiver uma varanda, é uma lógia ou uma lójia?*
São tantas as vezes que a palavra lojista aparece escrita— incluindo nos órgãos de comunicação social! — com um G que só pode causar confusão. Ser G ou J junto de E e de I não é assunto fácil, mas desde já adianto que se escreve “jeito”, “laje”, “gorjeta” e “lojista”.
E os verbos? Os terminados em –JAR usam o J em todas as suas conjugações; os terminados em –GER ou –GIR assumem o J quando houver necessidade. É como no caso de monge: no feminino vira monja, mas apenas para que o som permaneça — ou então seria monga.
Para terminar, devo confessar que apanhei o susto da semana (em termos linguísticos, claro) quando estive a pesquisar para este artigo. Os nossos queridos «jeans» já têm versão portuguesa: são os jines! Acho que nunca mais vou abrir o guarda-roupa com o mesmo à-vontade…

*truque de leitura: a segunda hipótese está sempre errada


Publicado no Açoriano Oriental de 11 Jan 09

5 comentários:

Su disse...

Querida Maria, está mega jenial a tua coluna desta semana. Ou será meja genial? olha agora confundi-me...
Já me ri com vontade hoje, obrigada!
:-)

sara disse...

Muito boa....como sempre!!!
Parabéns :)))

Filipe Machado disse...

Quando vi o título pensava que se tratava do ponto G... :)

Maria das Mercês disse...

Ahahahah! Filipe, tu és danadinho...

Renata Correia Botelho disse...

Excelente!